Anúncios

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Ética - Definição, Doutrinas e Ética Cristã Medieval


Concepção Ética
Ética é um conjunto de princípios e valores que guiam e orientam as relações humanas, é o conjunto de valores ou princípios morais que definem o que é certo e o que é errado para uma pessoa, grupo ou organização. Ser ético, nada mais é do que agir direito, de acordo com os valores morais de uma sociedade, proceder bem, sem prejudicar os outros. Ética é como os seres humanos deveriam agir. Podemos citar também, incluídos na ética, a ética profissional, ética religiosa, ética naturalística, código de ética...
Doutrina Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles

Os três (Sócrates, Aristóteles e Platão) diziam que o homem pode atingir sua felicidade dentro da sociedade e que teria isso somente na pólis, sendo que aqueles que não eram cidadãos, como por exemplo, os escravos, não tinham como atingi-la.
Sócrates
      Existia o bem (que é a felicidade) e o bom(o meio pelo qual se atinge a felicidade) onde o homem só poderia chegar a ser feliz através da sociedade;
      Sua ética era baseada na razão;
      Assim como os Sofistas, acreditava que o conhecimento poderia ser transmitido;
      O saber fundamental é o saber a respeito do homem (“conhece-te a ti mesmo”)
Platão
  Discípulo de Sócrates;
  Para Platão existiam dois mundos, esse em que vivemos e o mundo das idéias;
  Os escravos eram desprovidos de virtudes morais e de direitos cívicos;
  Somente através da sociedade (Estado) o homem poderia chegar ao mundo das idéias;
  Através do uso da razão, o homem poderia chegar a libertar o seu espírito para que esse pudesse atingir a felicidade no mundo das idéias.
Aristóteles
  Discípulo de Platão;
  Dizia que só existia um mundo, o que vivemos;


 Ética Cristã Medieval

            Nesse período a escravidão cedeu lugar ao regime de servidão, a sociedade se organizava num sistema de dependências e de vassalagem, havia uma grande fragmentação política e econômica, pela grande quantidade de feudos e a religião garantia uma unidade social.
            A Igreja exerce plenamente um poder espiritual e monopoliza toda a vida intelectual, logo a moral efetiva e a ética estão impregnadas de um conteúdo religioso.

Virtude, Amizade e Liberdade
Virtudes éticas, como o amor, fraternidade, fidelidade à amizade, respeito à liberdade do outro se entrelaçam e permeiam as demais, uma coexistindo na outra. Quando temos essas virtudes sendo praticadas no âmbito educacional, podemos considerar aí um ambiente saudável e harmônico, onde a formação do indivíduo será considerada em sua integralidade.

Atualmente, podemos notar o declínio do uso da Ética em nosso dia-a-dia, sendo que esta deveria ser uma atitude não obrigatória, mas que natural e que mostra e define realmente as pessoas que somos. Podemos dizer que a Ética está em estado terminal de vida, o que é uma verdadeira catástrofe em nossa sociedade. 
Creio que em pouco tempo, haverá uma revolução social onde, aqueles que possuem Ética e Valores morais, irão destacar-se perante o resto da sociedade, tendo como resultado uma verdadeira "valorização dos valores".


Veja este vídeo explicativo e prático que diferencia Ética e Moral:

                                   

Autor: Élton Peters